Servidores 1573 Views

  • Assista o traileryoutube.com
  • MixdropUnknown resource
  • NetuUnknown resource
Al Berto

Al Berto

Sep. 14, 2017Portugal113 Min.N/A
Sua avaliação: 0
6 1 vote
O que está acontecendo?

Resumo

Alberto Raposo Pidwell Tavares, que adoptou o pseudónimo de Al Berto, nasceu em 1948 em Coimbra, mas viveu toda a infância e adolescência em Sines, no litoral alentejano. Após um exílio em Bruxelas, entre 1967 e 1974, onde estudou pintura, regressou a Portugal para se dedicar à literatura. Em 1974, escreve o primeiro livro, intitulado “À Procura do Vento num Jardim d’Agosto”.

Cultivando uma poesia que mistura o real e o imaginário, produziu títulos como “Uma Existência de Papel” (1985), “A Secreta Vida das Imagens” (1991) ou “Horto de Incêndio” (1997). A obra poética assinada por Al Berto entre 1974 e 1986 foi reunida na antologia “O Medo”, cuja primeira edição, publicada em 1987, foi galardoada com o Prémio PEN Clube de Poesia, em 1988. A “Medo” seguiu-se “Lunário” (1988), o único livro em prosa do autor, e “O Anjo Mudo” (1993). Al Berto morreu a 13 de Junho de 1997, de linfoma. Tinha 49 anos.

Produzido pela Ukbar Filmes, um drama biográfico que relata um período da vida de um dos mais carismáticos poetas portugueses da segunda metade do século XX. A realização e o argumento ficam a cargo de Vicente Alves do Ó, autor da curta “Entre o Desejo e o Destino” (2005) e das longas “Quinze Pontos na Alma” (2011), “Florbela” (2012) e “O Amor É Lindo… Porque Sim!” (2016). Ricardo Teixeira, José Pimentão, Raquel Rocha Vieira, José Leite, João Villas-Boas, Gabriela Barros e Ana Vilela da Costa dão vida às personagens.

Recomendação: I Am Divine(2013)

IMDb

loading...
Al Berto
Al Berto
Título original Al Berto
IMDb Rating 5.7 321 votes
TMDb Rating 6 2 votes
Compartilhado2

Títulos relacionados

O Meu Melhor Amigo Gay
Morte em Veneza
Ein Weg
Orgulho e Esperança
O Jogo da Imitação
Em Queda Livre
Três
Edge of Seventeen
Por Detrás do Candelabro
The Bubble
O Direito do mais Forte à Liberdade
Variações

Deixe um comentário